in

Todo Mundo Odeia o Chris: animação da série ganha produtor e roteirista

Todo Mundo Odeia o Chris: animação da série ganha produtor e roteirista

O reboot animado de Todo Mundo Odeia o Chris já tem um roteirista e produtor executivo. O nome escolhido foi Sanjay Shah, produtor de Central Park (Apple TV+) e roteirista de O Rei do Pedaço (FOX). Ele fará as duas funções.

A informação foi divulgada ontem (26) pelo Deadline. De acordo com o site, Shah está deixando o cargo de produtor executivo/coshowrunner na série do Apple TV+ para atuar na produção do CBS Studios.

Conhecido por ser consultor em vários projetos audiovisuais, incluindo filmes da Pixar, ele se uniu a Chris Rock no projeto. Rock, que conta sua história pessoal vivendo no bairro de Bed-Stuy, no Brooklyn (Nova Iorque) de forma humorada em Todo Mundo Odeia o Chris, também será produtor executivo e voltará como narrador da animação.

Por enquanto, não foram revelados mais detalhes sobre o reboot. Esta não será a primeira animação produzida pela CBS, já que a emissora já trabalhou em projetos como Star Trek: Lower Decks e The Late Show.

Ainda não sabe também onde a animação será lançada. Apesar disso, especula-se que o Paramount+ deve ser a plataforma de streaming escolhida.

Sucesso da série original
Todo Mundo Odeia o Chris estreou em 2005 e terminou em 2009, com 4 temporadas. O show foi um sucesso, chegando a ser nomeado em 3 edições do Emmy Awards e no prêmio da Associação de Escritores da América.

A produção também é bastante popular no Brasil, se tornando referência para dezenas de memes. A paixão dos fãs brasileiros já fez com que o protagonista Tyler James Williams se posicionasse sobre o “assédio” que andou sofrendo nas redes sociais.

O que você acha?

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meme mais famoso de The Office foi uma cena improvisada por Steve Carell

Meme mais famoso de The Office foi uma cena improvisada por Steve Carell

Dragon Age: Netflix pode desenvolver série baseada nos jogos

Dragon Age: Netflix pode desenvolver série baseada nos jogos